Como Mudar Sua Personalidade e o Experimento da Prisão de Stanford

Em 1971 foi realizado um experimento social liderado pelo professor Philip Zimbardo  na universidade de Stanford . Os resultados inesperados foram tão dramáticos que o experimento teve que ser interrompido antes de sua conclusão.

24 homens entre 18 e 24 anos foram selecionados a partir de voluntários e divididos
em dois grupos de forma aleatória: guardas e prisioneiros.

Eles iriam encenar que estavam em uma prisão 24 horas por dia.

E somente os guardas poderiam ir embora e dormir em casa, fazendo turnos. Os prisioneiros não tinham nenhuma regalia, foram levados de suas casas e recolhidos numa prisão construída no porão do laboratório de psicologia. Tudo como se realmente tivessem cometido um crime.

Lá, eles foram revistados, ficaram pelados para serem higienizados, foram uniformizados e colocados em celas, onde eram vigiados pelos guardas.

Os guardas começaram a punir os presos constantemente. Houve então uma rebelião onde os guardas usaram da violência para retomar o controle.

O comportamento dos guardas tornou-se cada vez mais agressivo e os prisoneiros começaram a mostrar posturas cada vez mais submissivas e apresentando sinais de esgotamento e trauma.

Alguns prisioneiros tiveram colapsos emocionais mostrando desindividualização  e a experiência prevista para 15 dias teve que ser encerrada no sexto dia.

Isso é assustador não é mesmo?

Esse experimento prova que:

“Dentro de cada um de nós há um conformista e um totalitário, e não é preciso muito mais do que o uniforme certo para que ele venha à tona”.

Ele é chamado de efeito lúcifer porque mostra como pessoas boas podem se tornar sádicas e cruéis de acordo com o ambiente e grupo que estão.

E não é só isso, prova ainda outra coisa muito importante que você só consegue ver se pensar por fora da caixa.

Existe uma outra conclusão interessante: Eles estavam encenando, apenas fazendo de conta e as coisas saíram do controle.

Ou seja, o simples fato de fazer de conta, o simples ato de fingir já é suficiente para dissociar o consciente e causar mudanças reais a nível emocional.

Todo hipnotista sabe disso.

Quando você faz de conta, você engaja o processo imaginativo e isso é suficiente para ultrapassar o fator critico, diminuindo o pensamento racional.

Isso não é incrivel?

Uma brincadeira de criança como fazer de conta, pode literalmente transformar a sua personalidade.

Aqui entra o #hackmental de hoje, o que você gostaria de mudar em sua personalidade para se tornar uma versão melhor de si mesmo?

Você já sabe?

Vou te dar um exemplo.

Talvez você seja uma pessoa insegura ou tenha medo de falar em público e queria ser mais confiante, então tudo o que você precisa fazer é fazer de conta que você é um apresentador de tv famoso ou seu ator favorito.

Enfim, finge que você é uma pessoa extrovertida. Faz isso diariamente, se você fingir por vários dias, esse padrão vai se estabelecer e se tornar real. Como um habito.

Serio. Eu não estou brincando.

É exatamente isso que você ouviu, se você quer mudar algo em sua personalidade você só precisa fazer de conta que o resultado final já aconteceu.

Presta atenção, você quer ser alguém mais confiante.

Então finge que você é confiante.

É como brincar de fazer de conta –  Se meche como se fosse confiante, ande como se fosse confiante, fale como se fosse confiante e você vera como automaticamente ira começar a absorver padrões de pensamentos mais confiantes.

Esta tudo relacionado, lembre dos episódios anteriores. Já expliquei sobre algo parecido antes em outro experimento sobre micro expressões faciais e as descobertas do doutor Paul Ekman

Como Mudar Sua Personalidade?

O fato é que quando você muda o seu comportamento mesmo que fingindo, você esta alterando os padrões de percepção do seu próprio cérebro e isso pode se tornar um novo habito se for repetido varias vezes dia apos dia. 

E isso é fantástico. Eu sei disso porque eu sou uma prova viva que essa estrategia funciona e agora você também pode fazer esse experimento e comprovar por si mesmo.

Basta brincar de faz de conta. Não tem como ser mais fácil do que isso, só depende de você.

Como disse Antony Robbins, um dos maiores palestrantes motivacionais do mundo.

“O único limite para o ser humano é a sua imaginação e o seu comprometimento! “

 

Descubra Como Otimizar Seu Cérebro e Ultrapassar Seus Limites Com #hacksmentais

1 Comentário

  1. Pingback: Como Ser Mais Confiante e Reduzir o Estresse

Deixe uma resposta